Maclaren começa a temporada sem o combustível da Petrobras

Maclaren começa a temporada sem o combustível da Petrobras

fevereiro 14, 2019 Off Por Renato Oliveira

Segundo a equipe britânica lubrificantes estão prontos para o início da temporada 2019 da fórmula um, mas o mesmo não pode-se dizer do combustível

Um atraso conjunto no desenvolvimento do combustível entre A Petrobras e a Maclaren gerou um impasse na principal categoria de corrida de automóveis do mundo.
A equipe britânica não sabe ainda quando poderá utilizar o combustível da Petrobras em seus carros na atual temporada, o mais provável é que se comece a temporada com os lubrificantes da estatal brasileira, mas sem a gasolina. A equipe ainda avalia qual combustível usará.

A Maclaren e a Petrobras são parceiras desde a temporada de 2018, quando terminou seu contrato com a BP/castrol.
A notícia foi divulgada pelo CEO da equipe, Zak Brown, durante o evento de lançamento do novo carro para a temporada de 2019 nesta quinta-feira passada, o executivo esclareceu, porém que o atraso não altera a intenção de se usar o combustível da Petrobras ainda este ano.

O Brasileiro Gil de Ferran, ex-piloto de fórmula Indy, atual diretor esportivo da equipe, disse que no momento não é possível definir um prazo de quando o combustível ficará pronto, apesar de haver um trabalho em conjunto, os testes da pré-temporada e a primeira corrida do ano, na Austrália, no mês que vem, não deverão ter o uso da gasolina da Petrobras.

Parcerias históricas

Vale lembrar que os lubrificantes e os combustíveis sempre tiveram participação muito importante no desenvolvimento dos motores, prova disso são as atuais parcerias existentes na categoria.
A Ferrari, por exemplo, tem uma longa parceria com a Shell, já a Renault utiliza os combustíveis da BP/castrol e a Mercedes tem o suporte da Petronas.

Ter a exclusividade da Petrobras representa a chance da Maclaren se igualar a equipes concorrentes. Portanto a equipe está esperançosa de chegar a um denominador comum com a Petrobras, apesar dos atrasos e considera que os problemas fazem parte de qualquer desenvolvimento.
Gil de Ferran e Zak Brown fizeram questão de ressaltar a parceria e disseram que ambos tem vindo com frequência ao Brasil e que estão confiantes em receber um excelente produto da Petrobras.

Por falar em parceria, a China e o Brasil reativaram uma que estava parada desde 2004, deixando o governo otimista em relação ás exportações ! Leia a matéria completa aqui !