Leilão de Concessão do Aeroporto de Macaé é publicado no Diário Oficial

aviso de licitação
 

Um Leilão definirá quem irá gerir o aeroporto de Macaé, conforme aviso de licitação publicado pelo Ministério dos transportes

Finalmente, o aeroporto de Macaé, um dos 15 maiores aeroportos em matéria de movimentação de passageiros e de operações de pousos e decolagens do país, conhecerá seus novos gestores. No último dia 30 de novembro foi publicado no Diário Oficial da união, o aviso de licitação para sua concessão, o que gera perspectivas de investimentos e cria um clima de otimismo na cidade, pois espera-se um novo patamar em termos de logística a partir da inauguração das novas pistas .

A aprovação de concessão de aeroportos em todo o país, foi autorizada no dia 5 de novembro pelo presidente Michel Temer, o aeroporto de Macaé forma, com o aeroporto de Vitória, o bloco Sudeste e o formato da licitação será o de leilão e se tudo tramitar sem problemas, as empresas deverão apresentar as propostas até o dia 12 de março de 2019 e os envelopes deverão ser abertos no dia 15 em uma sessão pública.

Plano Nacional de desestatização

Para que o aeroporto de Macaé fosse incluído no plano de desestatização, anunciado pelo governo federal, o vereador Maxwell Vaz (SD) articulou junto as esferas federais a modernização de um dos pontos chaves da logística offshore, “Avançar é preciso sempre, independente do posicionamento político. Sempre iremos construir pautas positivas para a nossa cidade, e a concessão do Aeroporto é um caminho importante para que Macaé volte a se conectar, de forma mais ágil e precisa, com outros grande centros econômicos do país”, disse ele.

Vale a pena lembrar que o aeroporto de Macaé passa por obras de modernização, visando adequar-se a pousos e decolagens de aeronaves maiores, aviões comerciais de 70 passageiros que o permitirão entrar em outro rol de aeroportos brasileiros, as obras estão previstas para terminar em dezembro e inclusive a Azul Linha Aéreas já havia informado a intenção de retornar a operar voos comerciais na cidade.

Interessado em vagas em Macaé ? Saiba mais sobre o processo seletivo da Wood. 

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships