Indústria de energia solar brasileira já gerou mais de meio milhão de unidades em geração distribuída

Valdemar Medeiros
por
-
12-02-2021 07:39:12
em Energia Renovável
Energia solar - indústria - geração distribuída Placas de energia solar

Indústria brasileira de energia solar bate recorde com mais de meio milhão de unidades em geração distribuída

Anualmente, a Indústria brasileira aumenta seu investimento em energia solar e geração distribuída. No ranking global que mostra a evolução do setor, em 2017, nosso país aparecia em 26o lugar, no ano seguinte passa para a 21a posição e em 2019/2020, ocupa a 10a. Há poucos dias, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) anunciou que nossa capacidade instalada passou dos 7 gigawatts (GW), o equivalente à metade da produção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo.

Leia também

Investimento que compensa e gera resultados – geração distribuída

“Eu fiz um investimento de R$ 12 mil na Indústria de energia solar. Essa energia me garante o funcionamento de seis bicos de luz, três ventiladores, duas televisões, uma impressora, a geladeira e a bomba d’água”, conta o engenheiro de pesca Antônio Valdeni de Oliveira.

Nos últimos 10 anos, o preço dos equipamentos solares caiu quase 90% e a tendência que eles sejam cada vez mais acessíveis para contribuir para a geração distribuída. Só no Brasil existem 70 linhas de crédito, públicas e privadas, para quem quer investir nesse tipo de energia.

Rodrigo Sauaia destaca a importância da indústria de energia solar para a geração distribuída

“A energia solar fotovoltaica reduz o custo de energia elétrica da população, aumenta a competitividade das empresas e desafoga o orçamento do poder público, beneficiando pequenos, médios e grandes consumidores do País. A Indústria de energia solar fotovoltaica trabalha para acelerar a expansão renovável da matriz elétrica brasileira, a preços competitivos. Somos a fonte renovável mais barata do Brasil e ajudaremos o país a crescer com cada vez mais competitividade e sustentabilidade”, ressalta Sauaia.


Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.