FPSO da Yinson que irá operar no campo offshore de Marlim 2 receberá equipamentos e serviços da empresa ABB

Kelly
por
-
06-07-2020 11:46:33
em Petróleo, Óleo e Gás
FPSO Anna Nery da multinacional offshore Yinson

FPSO Anna Nery da multinacional Yinson

A companhia global ABB fornecerá equipamentos e operações para o FPSO Anna Nery, da multinacional Yinson, para o campo offshore de Marlim 2

A ABB assinou um contrato com a Yinson para equipamentos e serviços elétricos, de controle e de telecomunicações a bordo do navio flutuante de produção, armazenamento e descarregamento (FPSO) Anna Nery, com destino ao campo de petróleo Marlim 2, na Bacia de Campos, no offshore brasileiro.

ANÚNCIO

Veja também outras notícias

Yinson garantiu o contrato para converter um navio-tanque construído em 2002 e será o operador e fará a manutenção do FPSO. A embarcação está planejada para operar no campo por 25 anos.

A ABB disse que seria responsável pela engenharia de integração no projeto, integrando todos os módulos de produção a bordo do navio em um sistema integrado de segurança e controle (ICSS).

O CEO da Yinson para produção offshore, Flemming Grønnegaard, declarou: “Estamos comprometidos em entregar este FPSO de maneira enxuta, eficiente e oportuna, e acreditamos que as soluções tecnológicas da ABB e a experiência em vários outros projetos dessa natureza nos permitirão alcançar esse objetivo.”

“O Marlim 2 é um projeto importante para Yinson e, dada a experiência e o conhecimento globais da ABB, confiamos na ABB como parceiros do FPSO Anna Nery”, completou.

Este é um dos projetos offshore para FPSO’s em que a ABB utilizará seu sistema chamado Select IO

O Select IO é um sistema de entrada e saída de canal único baseado em Ethernet, onde os sinais de campo são distribuídos digitalmente em caixas de junção inteligentes. Utilizando a abordagem de engenharia xStream da ABB juntamente com a organização digital, o Select IO poderia reduzir o tempo do projeto, permitindo que a equipe do projeto dissociasse as tarefas de hardware e software e padronizasse totalmente o design do gabinete.

A ABB acredita que esse tipo de integração melhorará a interface para produção de topo, sistemas de segurança, sistemas marítimos, pacotes de telecomunicações, equipamentos de vigilância e sistemas elétricos.

Brandon Spencer, diretor-gerente da ABB Energy Industries, disse: “Temos uma forte herança no fornecimento de pacotes elétricos, de controle e de telecomunicações para FPSOs no Brasil e no mundo a partir de nossos principais centros globais em Cingapura e Noruega.

“Ao implantar [nosso sistema] neste FPSO, podemos ajudar a Yinson a simplificar a execução do projeto e suas operações. Isso aumentará a eficácia geral do equipamento, fornecendo informações importantes sobre os dados que ajudarão a tomar decisões em tempo real sobre o desempenho”.

*Informações via Offshore Energy


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags: