Fim da enquete: maioria prefere que a Petrobras construa mais refinarias para baixar preços dos combustíveis

Junior Aguiar
por
-
09-05-2022 09:21:20
em Refinaria e Termoelétrica
enque aponta que petrobras deveria fazer mais refinarias para diminuir preços dos combustíveis Se o preço do petróleo aumenta lá fora, a Petrobras aumenta aqui também | Imagem: EBC via Google




Dentre as menos eficientes escolhidas na votação, fim do PPI e auto regulação do mercado não seriam boas alternativas para o país

Os preços dos combustíveis estão altos no Brasil por diversos motivos. O principal é a política da Petrobras em estipular o valor do barril de petróleo pelo preço internacional. Ou seja, se o preço da matéria-prima aumenta lá fora, a estatal aumenta aqui também, afetando diretamente na bomba dos postos de gasolina e diesel. Um dos motivos recentes dessa escalada nos valores tem sido a guerra na Ucrânia, pois a Rússia que é o segundo maior país exportador e terceiro maior produtor de petróleo do planeta, respondendo por cerca de 12% da oferta global, vem sofrendo sanções econômicas.

Em ano de eleição presidencial, os pré-candidatos não deixam de fazer suas críticas à Petrobras, ainda que a União seja beneficiada com os ganhos da estatal. Mas, além de tentar mudar a política de paridade internacional no preço do petróleo, qual seria a outra alternativa para os preços dos combustíveis no Brasil diminuam? Para saber a opinião popular, o portal Click Petróleo e Gás realizou uma enquete no Twitter.

Artigos recomendados

A pesquisa de opinião apontou que construir mas refinarias seria a principal alternativa para diminuir os preços dos combustíveis. A opção arrastou 35% dos votos, seguido de perto de “cortar impostos” que teve 32%. “Extinguir o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI)” teve pouco mais de 21% e a “Auto Regulação do Mercado” foi apontada por 10% dos votantes.

Enquete promovida pelo CPG no Twitter

Construir mais refinarias faria o valor do refino cair mais de 30%

Apontada pela maioria das pessoas que participaram da enquete do portal CPG, a construção de mais refinarias faria com que o valor do refino do petróleo em unidades nacionais caísse 33%, sendo mais barato que no exterior.

Atualmente, a Petrobras tem 12 refinarias em operação no Brasil que produzem todos os dias gasolina, diesel, querosene de aviação (QAV), óleo combustível, entre outros derivados do petróleo. A média é de 1,8 milhão de barris produzidos por dia.

O petróleo brasileiro é do tipo muito valioso. Se fosse refinado por completo aqui no país, não haveria a necessidade de arcar tanto com custos de importação, nem estaríamos refém das oscilações do dólar.

Com o objetivo de processar o petróleo brasileiro, as refinarias de Abreu e Lima, na cidade do Cabo de Santo Agostinho em Pernambuco, e o Complexo Comperj, em Itaboraí, no Rio de Janeiro, tiveram suas construções iniciadas.

Porém, as obras da Abreu e Lima foram suspensas em 2016 com 95% dos trabalhos concluídos. Já para o Comperj bastava a montagem dos equipamentos para que começasse a operar, até que esquemas de corrupção foram revelados pela Operação Lava Jato.

Impostos dos combustíveis sempre foram alvo de debate envolvendo Petrobras

Os impostos representam uma parcela substancial nos preços dos combustíveis no Brasil. Do total do preço da gasolina, cerca de 10% é de PIS/COFINS/CIDE. Já o ICM, que é o imposto estadual, corresponde a cerca de 24% (média nacional).

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Junior Aguiar
Jornalista, formado pela Universidade Católica de Pernambuco | Produtor de conteúdo web, analista, estrategista e entusiasta em comunicação.