Estaleiro Rio Tietê fará 15 embarcações com o financiamento do FMM

Conselho diretor do FMM aprova financiamento
 

Estaleiros Rio Tietê (SP), Paes Carvalho (PA), Vard Promar (PE) e a Belov Offshore são algumas das empresas que farão as embarcações financiadas pelo FMM

Conforme publicado ontem (11/12) pelo nosso portal, a 39ª reunião ordinária, realizada na última quinta-feira (6/12), na sede do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, aprovou a prioridade para o financiamento de projetos do setor naval, um montante de R$ 2,54 bilhões e conseguido mais prazo para contratações de outros R$ 4,16 bilhões, já aprovados em reuniões anteriores.

Detalhamento dos projetos prioritários

Dos R$ 68,4 milhões destinados a navegação interior, teremos um pacote om três empurradores fluviais de 900HP, seis barcaças tipo box e seis barcaças tipo raked para a Caramuru Alimentos. As unidades estão previstas para serem construídas no Estaleiro Rio Tietê (SP.

R$ 144,7 milhões vão para a construção de um terminal flutuante de transbordo de grãos, quatro empurradores fluviais de 1.800 BHP, uma lancha de apoio de 600BHP e 18 balsas graneleiras de 2.000TPB para a Mega Logística Serviços Portuários. Os projetos estão previstos para o estaleiro Paes Carvalho Comércio Construção e Reparos Navais, no Pará.

R$ 92,9 milhões serão alocados para o apoio marítimo offshore, sendo para a construção de duas embarcações do tipo SDSV (apoio a mergulho) para a Belov Engenharia (Belov Humaitá e Belov Amaralina) a serem construídas pela Belov Offshore Industrial. E outros R$ 66,6 milhões de suplementação referentes à construção do PLSV (lançamento de linhas) Skandi Olinda, no estaleiro Vard Promar (PE).

R$ 26,2 milhões irão para atualização monetária do financiamento do navio gaseiro Gilberto Freyre da Transpetro, construído pelo Vard Promar (PE).

Dos R$ 2,54 bilhões em prioridades para novos projetos da construção naval também tivemos R$ 1,46 bilhão para construção e modernização do Jurong Aracruz (ES), R$ 25 milhões para a construção de um novo estaleiro em São luís (MA) e R$ 24,2 milhões para modernização do Wilson Sons, no Guarujá (SP).

Saiba como estão as oportunidades de emprego em estaleiros nacionais.  


Baixem também o aplicativo  Empregos e Noticiais CPG para Android na Playstore clicando aqui. Nele postamos informações e oportunidades exclusivas todos os dias.

Gostaria de compartilhar uma foto conosco da sua área de trabalho, vagas de empregos ( com as fontes), sugestões de pautas ou alguma outra informação importante do ramo de energia e empregabilidade? Entre em contato com a gente no Messenger aqui.

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships