Empresa de energia renovável, a Casa dos Ventos assina contrato de R$ 150 mi com Vulcabras

Kelly
por
-
19-05-2020 14:48:18
em Energia Renovável
Empresa de energia renovável, a Casa dos Ventos assina contrato de R$ 150 mi com Vulcabras Empresa de energia renovável, a Casa dos Ventos assina contrato de R$ 150 mi com Vulcabras

A companhia de energia renovável Casas dos Ventos fecha contrato com a Vulcabras Azaleia no mercado livre por um período por 13 anos

A Casa dos Ventos Energias Renováveis, uma das maiores empresas de projetos de energia eólica e afins no Brasil, divulgou que fechou uma parceria de compra e venda de energia renovável de longo prazo com a companhia Vulcabras Azaleia. O contrato, avaliado em R$ 150 milhões, é para suprir o consumo total de eletricidade das operações da empresa de calçados por até 13 anos.

Veja também outras notícias

O acordo também prevê possibilidade de compra de ações para que a Vulcabras se torne um autoprodutor, modelo de negócio que a Casa dos Ventos vem adotando em seus projetos destinados ao mercado livre de energia renovável.

Semelhante ao contrato firmado com a mineradora Vale, além do modelo de aquisição e venda de energia, a empresa Vulcabras Azaleia também poderá se tornar sócia da usina de energia eólica Rio do Vento, no RN, de maneira que se configure como autoprodutora de energia.

“Criamos um modelo customizado que atende às diferentes necessidades de empresas, de eletrointensivas, como a Vale, e até as que têm menos demanda de eletricidade, mas que já pensam na descarbonização de sua energia”, informou o diretor de Novos Negócios da Casa dos Ventos, Lucas Araripe.

“A condição singular do vento da região, combinado com as economias da escala do empreendimento, nos dão a condição de ofertar contratos a tarifas muito competitivas. Além disso, nosso parceiro tem a possibilidade de, no futuro, tornar-se acionista do ativo, passando a usufruir dos benefícios de ser um autoprodutor”, complementou Araripe.

A operação comercial da usina de energia renovável Rio do Vento está prevista para iniciar em 2021

O complexo eólico Rio do Vento, situado na região das cidades de Caiçara do Rio do Vento, Ruy Barbosa, Riachuelo e Bento Fernandes, no Rio Grande do Norte, detém 120 turbinas V150-4.2 MW da empresa Vestas, líder global na confecção de aerogeradores.

Com investimento de R$ 2,4 bilhões e capacidade instalada de 504 MW, o parque eólico Rio do Vento é formado por oito usinas, o que possibilita a negociação de contratos no mercado livre com companhias de porte e setores diferentes.

O empreendimento potiguar deverá se tornar um dos maiores do mundo e ainda terá capacidade de expansão e hibridização através da inclusão da fonte solar fotovoltaica. O complexo, que engloba 504 MW, tem previsão de ser duplicado, alcançando potência instalada de 1 GW.

Tags:
Kelly
Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore. Entre em contato para sugestões de pauta, postar vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.