Empresa da marca Shell prevê construção de gasoduto para escoamento de gás natural do pré-sal brasileiro

Empresa da marca Shell prevê construção de gasoduto para escoamento de gás natural do pré-sal brasileiro

Investimento Rota 4b conta com a construção do gasoduto pela empresa do grupo Shell, Cosan, e também uma Unidade de Tratamento de Gás Natural

Um projeto desenvolvido pela Cosan, do grupo Shell, em parceria com a ExxonMobil e a Petrogal, prevê a construção de um gasoduto para aproveitamento do gás natural no pré-sal brasileiro. O empreendimento terá 313 km de extensão, sendo 294 km no mar e 19 km em terra, interligando a Bacia de Santos até a Ilha da Madeira, em Itaguaí-RJ. Veja também que projeto de construção de Gasoduto entre ES e MG deverá ser assinado em fevereiro de 2020.

Você também pode gostar

A iniciativa, batizada como Rota 4b, está incluído no Plano Indicativo de Processamento e Escoamento de Gás Natural (Pipe), elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e o investimento está avaliado em R$ 4,85 bilhões para a construção da linha de gás.

A companhia do grupo Shell iniciou no final de 2019 o processo de licenciamento ambiental do gasoduto junto ao órgão competente, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Além do gasoduto, estima-se também a implementação de uma Unidade de Tratamento de Gás natural (UTGN) na cidade de Seropédica-RJ, numa área de 800 mil m². O potencial de processamento da UPGN é da ordem de 20 milhões de m³/dia de gás e requer um investimento de cerca de R$ 3,5 bilhões.

A Cosan, joint-venture da Shell, guiará esse projeto em paralelo com o Rota 4 que está em licenciamento desde 2014 com um gasoduto de 275 km com capacidade para escoar entre 10 e 15 milhões de m³ por dia de gás natural do pré-sal.

Kelly Angelim

About Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore e vivência em áreas administrativas e de pesquisa científica.