Ecovix paga parcela da dívida com ex funcionários do estaleiro Rio Grande

ecovix em recuperação judicial
 

Pagamento de 1,17 milhão é referente a parcela do plano de recuperação judicial e foi destinada a ex-funcionários

Os Ex-funcionários do Estaleiro Rio Grande, receberam a segunda parcela da dívida trabalhista da Ecovix. O montante de 1,17 milhões de reais será dividido entre ex-funcionários, assim como aconteceu em setembro, quando 163 ex-funcionários dividiram a primeira parcela que foi de 650 mil reais. Estas parcelas se referem ao plano de recuperação judicial da empresa, aprovado pela justiça trabalhista em agosto desse ano.

A ecovix, empresa que administra o Estaleiro Rio Grande (ERG), operou até o fim de 2016, quando a Petrobras cancelou contratos, como o da construção da P-71 para encomendar uma nova plataforma na China, com isso cerca de de 3.000 trabalhadores precisaram ser demitidos. A Ecovix venceu uma licitação em 2010 e entregou cinco plataformas à Petrobras, incluindo a P-66, que opera no pré-sal da bacia de Santos e a P-67.

Ecovix compara a P-66 com a P-67

A Ecovix lembra que a P-66 entrou em operação 18 meses depois de ter saído de Rio Grande e ter passado no Brasfels, em Angra dos Reis, para integração dos  módulos de Topsides. Em setembro passado, a plataforma se tornou líder de extração no pré-sal com quase 150.000 barris por dia, ou seja, sua capacidade total.

Em contra partida ao sucesso da P-66, temos a P-67, que foi enviada à China em outubro de 2015 para receber módulos de produção, ser integrada e comissionada, sequer está funcionando. Só voltou ao Brasil quase três anos depois e deve entrar em operação somente em dezembro. Se estivesse produzindo há pelo menos 18 meses, teria gerado receita estimada em cerca 5 bilhões de reais com extração de petróleo, de acordo com cálculos da Ecovix.

A Ecovix tem 2 anos para efetuar o pagamento da dívida com os credores, segundo o plano de recuperação do estaleiro, após esse período será elaborada uma Unidade Produtiva isolada (UPI) para reativar  suas operações.

Veja também como está a situação dos estaleiros nacionais depois do plano de recuperação judicial da Sete brasil.

Candidatos: Cadastrem seus currículos conosco | Empresas: Temos Soluções Incríveis que Ajudarão em Seus Recrutamentos

Você é recrutador ou esta a frente do Recursos Humanos de uma empresas sabe como é difícil recrutar o profissional ideal para sua empresa.  Sabemos como o processo de seleção é árduo porque muitas pessoas mandam seus currículos para funções que elas não tem atribuições, sobre-carregando os servidores e as vezes, obrigado até mesmo trocar de e-mail.    

Nós temos um sistema no qual é possivel escolher seus profissionais através de filtros, e mandar um único comando personalizado para as pessoas que passaram e não passaram no processo de seleção, isso com opção ou não de revelar seus contatos. Mas se desejar pesquisar seu candidato ideal em nosso banco de dados, também é possível, temos um grande Banco de Dados qual os melhores profissionais do Brasil com a sua área desejada de atuação. Acessem o nosso PORTAL DE VAGAS E EMPRESAS AQUI e experimente nossos recursos. Garantimos que vocês não irão se arrepender.

The following two tabs change content below.
Renato Oliveira

Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships