Complexo de energia solar receberá investimentos de R$ 2,5 bilhões e deve gerar 3.600 empregos no Piauí

Roberta Souza
por
-
08-07-2021 15:47:00
em Energia Renovável
Energia solar – Piauí – empregos Complexo de energia solar/ Fonte: Banco BV

A Ibitu Energia irá construir o novo complexo de energia solar, denominado Solar Caldeirão Grande 2 (613 MW), situado no Piauí, em Caldeirão Grande

A Ibitu Energia irá construir no município de Caldeirão Grande, no estado do Piauí, um novo complexo de energia solar, batizado de Solar Caldeirão Grande 2. O empreendimento, com capacidade de 613 MW, dará início às obras em novembro deste ano, com um investimento estimado em R$ 2,5 bilhões. A previsão é de que o projeto seja concluído em 2024 e seja responsável por gerar, ao longo de três anos, aproximadamente 3.600 empregos diretos e indiretos. Veja ainda: Energia Solar – Potência operacional em sistemas e usinas fotovoltaicas atinge marca de 9 GW. Mais de R$ 46 bilhões foram investidos, gerando mais de 270 mil empregos

Novos empregos e renda para o estado com o novo complexo solar

O projeto do complexo de energia solar foi apresentado em reunião com o governo do Piauí em reunião realizada no fim de junho. Batizada de Caldeirão Grande 2, a usina será construída em três etapas no município de Caldeirão Grande. O projeto vai gerar 3.600 empregos diretos e indiretos durante um período de três anos.

Segundo o governador do Piauí, Wellington Dias, o governo está trabalhando para agilizar o processo de licenciamento para que a Ibitu Energia dê início às obras em novembro deste ano. A conclusão da fase final está prevista para 2024.

Sobre a Ibitu Energia: Atualmente, o portfólio de energias renováveis ​​da Ibitu Energia é composto por cinco complexos eólicos e três usinas hidrelétricas (UHE) com uma capacidade combinada de 832,2 MW. A empresa também está estudando o desenvolvimento de novos projetos de geração eólica, energia solar ou híbrida que podem chegar a mais de 1,2 GW.

Veja ainda: Estado do Piauí anuncia novo parque de energia solar, que pode gerar mil oportunidades empregos e investimentos de R$ 1,2 a 1,5 bilhões

A Celeo Redes Brasil irá construir um novo parque de energia solar no estado do Piauí. Este novo empreendimento terá de 400 a 500 megawatts, energia proveniente de painéis solares, com previsão de início das operações em janeiro de 2025. O investimento, de cerca de 1,2 a 1,5 bilhão de reais, dará espaço a contratações para mais de mil vagas de empregos durante a fase de construção.

A Celeo Redes já possui um parque solar em operação em São João do Piauí e pretende ampliá-lo para dobrar sua capacidade de produção. A empresa também está construindo uma linha de transmissão de 415 quilômetros, que ligará os estados do Piauí e Ceará, que deve entrar em operação comercial em abril de 2021.

O novo parque de energia solar ficará localizado entre os municípios de Buriti dos Lopes e Bom Princípio do Piauí, no norte do estado. Os investimentos que serão realizados irão impulsionar a região e gerar muitos empregos no estado do Piauí.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos