Bolsonaro quer terminar Angra 3 e construir até 8 Usinas Nucleares

MME quer retomada das obras de Angra 3
 

Em nota o MME informou que, além de terminar as obras de Angra 3, pretende retomar o programa nuclear brasileiro com a construção de até oito novas usinas no país.

O Programa Nuclear Brasileiro, adormecido por anos, por decisões políticas e pelos desdobramentos do acidente de Fukushima, depois do tsunami no japão em 2011, parece ter enfim despertado. Sua retomada até chegou a ser cogitada no governo Dilma Rousseff, com duas no Nordeste e outras duas no Sudeste, em São Paulo, Minas Gerais ou Rio de Janeiro, mas esse plano não foi á frente.

Em 2015 o MME chegou a divulgar que teria 21 locais no País mapeados e estudados para receber as novas usinas e que as análises estavam em andamento.
O MME declarou que “Para o setor nuclear, a conclusão de Angra 3 é importante, pois traz escala à toda a cadeia produtiva do setor, desde a produção de combustível à geração de energia.
Isso se torna ainda mais relevante quando se leva em conta que o Brasil vai precisar investir em energia para o futuro, em função do aumento da demanda e do esgotamento do potencial hidrelétrico”

Plano Nacional de Energia

O Plano Nacional de Energia 2030 (PNE 2030) prevê a prevê a construção de quatro a oito usinas nucleares e deverá ser confirmado pelo PNE 2050 a ser publicado em breve. Atualmente as usinas nucleares de Angra 1 e 2 que compõem a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA) em Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro, estão operacionais e respondem por 1,1% da matriz energética brasileira e Angra 3 faria essa fatia subir para 1,2%.

As leis brasileiras não permitem que a exploração de urânio e geração de energia nuclear sejam realizadas por empresas privadas e portanto todo o investimento nos projetos são de recursos públicos da Eletronuclear, subsidiária da estatal Eletrobras.
Mesmo com números favoráveis de geração de energia, muitos especialistas são contra este tipo de geração de energia elétrica por ser mais cara que suas concorrentes e por estar na contramão mundial, em uma época que os outros países estão, pouco a pouco, desligando seus reatores.

Estudos foram feitos na mudança das tarifas para tentar viabilizar as obras de Angra 3. Leia a matéria completa !


Baixem também o aplicativo  Empregos e Noticiais CPG para Android na Playstore clicando aqui. Nele postamos informações e oportunidades exclusivas todos os dias.

Gostaria de compartilhar uma foto conosco da sua área de trabalho, vagas de empregos ( com as fontes), sugestões de pautas ou alguma outra informação importante do ramo de energia e empregabilidade? Entre em contato com a gente no Messenger aqui.

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships