Início A PPSA contratará navios aliviadores para atender o pré-sal

A PPSA contratará navios aliviadores para atender o pré-sal

10 de agosto de 2018 às 10:32
Compartilhe
Siga-nos no Google News
navio aliviador da união

Serão navios de posicionamento dinâmico para realizar operações de offloading no pré-sal da Bacia de Santos para à União

Uma pesquisa acaba de ser lançada pela Pré-sal SA (PPSA) para contratação de navios de descarregamento de petróleo oriundas das plataformas de produção do pré-sal, parcela esta que pertence a União das jazidas da Bacia de Santos. O atual presidente da estatal, Iben Flores Lima, relatou em entrevista que o objetivo da companhia em um prazo máximo de 365 éter um projeto para logística de exportação do nosso óleo, incluindo a definição de qual empresa será responsável por este transporte. Vejam a entrevista abaixo com mais propriedade:

 

Formas de contratação

Neste primeiro momento, a PPSA está pesquisando 3 formas diferentes de como esta logística pode ser aplicada, no caso a parcela da União:

  1. O transbordo e a navegação até a costa
  2. O transbordo e a navegação até a costa, mais a transferência do petróleo para um navio de longo curso (que pode ter ser feita em um terminal ou até mesmo no mar)
  3. O transbordo e a navegação até a costa, a estocagem do petróleo em algum terminal e a posterior transferência para um navio de longo curso

*Trecho retirado do site E&P Brasil

A PPSA relata que deseja também alcançar o mercado mundial de exportação de petróleo, desta forma ela poderá aumentar as arrecadações, maximizando a fatia de mercado e extinguindo a necessidade da venda apenas para os sócios que estão dentro dos projetos de produtividade.

Daqui à 21 dias( 31), a estatal realizara um segundo leilão na B3 para vender de petróleo da União em sua partilha na Bacia de Santos. No primeiro leilão, apenas a Shell havia participado, mesmo assim não foi para frente porque ela se quer apresentou proposta.

Neste segundo leilão, o diferencial será o aumento dos prazos para compras e maximização para 14,4 milhões em oferta dos futuros do petróleo, dando mais garantia e flexibilidade aos interessados.

Sonda da Petrobras operada pela Transocean chega em outubro ao Brasil


Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.


Facebook
Facebook

Twitter
Twitter

LinkedIn
LinkedIn

YouTube
YouTube

Instagram
Instagram

Telegram
Telegram

Google News
Google News

Relacionados
Mais recentes