A Petrobras e o Brasil estão finalmente sendo recompensados pelos investimentos no pré-sal, aponta especialista


A Petrobras e o Brasil estão finalmente sendo recompensados pelos investimentos no pré-sal, aponta especialista de óleo e gás

Fator determinante para recompensa das aplicações da Petrobras no pré-sal foi o aumento da produção de petróleo no país, segundo economista

Após anúncio dado pela ANP na última quarta-feira (22) de que o petróleo produzido no Brasil em 2019 bateu recorde histórico, a marca estaria recompensando quase 12 anos de investimentos da Petrobras em águas do pré-sal brasileiro. Essa foi a opinião de José Mauro de Morais, especialista em óleo e gás, em entrevista ao Sputnik Brasil.

Você também pode conferir

O Pré-sal correspondeu por mais de 50% do total de petróleo produzido em 2019 no Brasil. Foram 633,980 milhões de barris(21,56%) e 25,906 bilhões m³ de gás natural (23,27%) em 2019. Já em 2018, foram 521,543 milhões de barris de óleo e 21,016 bilhões de metros cúbicos de gás.

“É uma notícia muito importante para o Brasil, pois recompensa todo o esforço que a Petrobras vem fazendo no sentido de ampliar os investimentos na produção dos poços de petróleo, que ela descobriu nos últimos anos”, destacou Morais.

Desde quando o pré-sal foi descoberto, em 2006, até o ano de 2017, a Petrobras já perfurou pelo menos 60 novos poços com uma capacidade de produção muito maior que os poços brasileiros em terra.

“Toda produção da Bacia de Campos, ativa desde 1977, tem caído nos últimos anos. Os poços do pré-sal, por outro lado, estão aumentando a produção quase todos os dias e o Brasil pode se tornar o quinto maior produtor de petróleo em todo o mundo”, explicou o especialista.

José Mauro é economista, profissional especializado em óleo e gás, Coordenador de Estudos de Petróleo, da Diretoria de Estudos Setoriais do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

TENHA UM CV ESPECÍFICO PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS

Você gostaria de ter um currículo desenvolvido especialmente para uma vaga no meio marítimo, em plataforma, offshore ou cabotagem? Adquira seu currículo offshore formatado e específico aqui📄

Kelly Angelim

Sobre Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo, especialista em Eficiência Energética e mestre em Engenharia Civil. Experiente na indústria petrolífera onshore; Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos