A empresa brasileira Ômega vai instalar novo parque de energia eólica no Nordeste e deverá gerar 700 empregos


Ômega vai instalar novo parque de energia eólica no Nordeste e deverá gerar 700 empregos

Os investimentos devem chegar a R$ 1 bilhão para a implantação do parque de energia eólica no Piauí, com expectativas de gerar 700 empregos

O segmento de energia eólica no Nordeste não para de crescer e cada vez mais projetos estão sendo desenvolvidos. Nesta sexta-feira (21) o diretor da empresa de Ômega Energia, Geraldo Ney, participou de uma reunião com o governador do estado do Piauí, Wellington Dias, para discutir estudos de viabilidade ambiental de um empreendimento de geração de energia eólica na região do município de Ilha Grande, no litoral do estado.

Você também pode conferir

Com investimentos de cerca de R$ 1 bilhão, o projeto do novo parque de energia eólica visa produzir até 300 megawatts (Mw) de energia e deve criar 700 empregos diretos durante sua execução.

“Nós pedimos que seja feito um encaminhamento para que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e demais setores que legislam sobre esse setor aéreo, para que possam dar o sinal verde para aprovação do projeto e, dessa forma, se possa evitar qualquer impedimento futuro em relação ao aeroporto de Parnaíba. É importante que não tenhamos um investimento gerando dificuldade para o outro”, destacou o governador.

A iniciativa já detém licença ambiental prévia e está em fase de desenvolvimento avançada. A Ômega opera em 19 empreendimentos, com capacidade instalada de 476,2 MW de energia renovável, localizados nos estados do Maranhão, Piauí, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Mais projetos para produção de energia renovável no Piauí anunciados pela ENEL Green Power

Boas notícias para o Piauí, novos projetos para produção e exploração de energia renovável no estado contemplam as cidades de Ribeira do Piauí, São João do Piauí e de São Gonçalo do Gurguéia, veja mais detalhes aqui.

Faça o Curso de Inglês Autodidata

A economia brasileira está mais próximo do que nunca de empresas globais. A necessidade de funcionários  que tenham no minimo inglês intermediário cresce mas os empregadores têm dificuldades de encontrar candidatos que têm noções do idioma. O curso A Jornada do Inglês Autodidata vem sanando este problema de muitos alunos, com um método fácil e inovador. Assistam aqui os depoimentos reais de estudantes que adquiram o curso e depois façam suas matrículas também.


Kelly Angelim

Sobre Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo, especialista em Eficiência Energética e mestre em Engenharia Civil. Experiente na indústria petrolífera onshore; Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos