Home > Sem categoria

A britânica Chariot que perfurar na Bacia de Barreirinhas, no Maranhão

Paulo Nogueira
por
-
11-04-2019 03:11:56
em Sem categoria
Maranhão Petróleo Chariot perfuração

Após grande descoberta de um novo prospecto na bacia sedimentar de Barreirinhas na região do Maranhão, a empresa agora busca parceiros para atividades de perfuração em águas profundas

A  britânica Chariot Oil & Gas está à procura de parceiros para exploração em blocos de águas profundas do Brasil, na região do Maranhão, onde está se concentrando em um prospecto com muitos ativos. O player de Londres, atuou em várias descobertas da Namíbia e do Marrocos no ano passado,  agora planeja perfurar no Brasil, na bacia de Barreirinhas. A Chariot arrematou os blocos BAR-M 292, 293, 313 e 314 na 11ª rodada de licitações offshore no Brasil em 2013.

“Desde que entrou na licença, a Chariot cumpriu seus compromissos por meio da aquisição, processamento e avaliação de 775 quilômetros quadrados de dados sísmicos 3D e realizou uma auditoria independente sobre seus estoques de prospectos e leads,” disse a empresa na quarta-feira.

“Este portfólio consiste em sete alvos prospectivos de reservatórios em uma variedade de configurações puramente estruturais e combinadas, associadas a uma estrutura dip-closed com 200 quilômetros quadrados de extensão que se localiza principalmente sobre o Bloco 314.”

“É estimado neste prospecto cerca de 366 milhões de barris recuperáveis e um único poço vertical localizado, mas há um potencial médio 911 milhões de barris.”

“Além disso, o portfólio contém múltiplos fechamentos estruturais, combinados e estratigráficos adicionais em alvos de reservatórios no terciário e no Cretáceo Superior.”

A empresa já reuniu vários dados para atrair pretendentes, com o executivo-chefe Larry Bottomley disse que tem visto um aumento na área de dados após o sucesso de exploração da ExxonMobil no bloco próximo de Stabroek no ano passado.

“A Chariot pretende perfurar neste bloco depois que outras empresas em áreas adjacentes façam seus testes, oferecendo informações valiosas para reduzir o risco do próprio portfólio de prospecção da empresa”, disse Bottomley sobre o Prospecto 1.

Nenhum cronograma foi colocado nos planos de perfuração no Brasil, mas para este ano e no próximo ano a empresa pretende perfurar poços no prospecto MOH-B na licença de Mohammedia e no prospecto KEN-A na licença Kenitra off Morocco back-to- de volta.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.